RECURSOS E ADAPTAÇÕES PARA VEÍCULOS COM ISENÇÃO

O mercado de automóveis vendidos com isenção de impostos tem crescido rapidamente no Brasil. A Lei permite que qualquer indivíduo portador de uma entre mais de 70 patologias e condições possa comprar carros 0 km com grandes descontos, que podem chegar a até 30% isso tem incentivado ofertas especiais das montadoras e aquecido a indústria automobilística.

Mesmo que isso seja extensivamente comentado pela imprensa e nas redes sociais, pouco tem sido discutido em relação às adaptações necessárias nos carros, e, principalmente, os recursos necessários para favorecer a dirigibilidade para pessoas com dificuldade de locomoção ou trazer conforto para quem precisa simplesmente ser transportado.

  1. Acessórios para acessibilidade.

Os acessórios acessibilidade são dispositivos de assistência que podem ser instalados em um automóvel e que permitem aos utilizadores uma operação segura do carro. Normalmente, quando você inicia o processo de adaptação do seu veículo com esses dispositivos auxiliares, eles serão instalados por um profissional (ou pela própria montadora, em alguns casos) para garantir que o dispositivo seja adequado às suas necessidades e que ele seja instalado corretamente.

  • Controles de direção.

O tipo de acessório de direção que uma pessoa precisa depende do nível da lesão e das limitações resultantes da mobilidade da mão. Há uma variedade de diferentes tipos de auxílios de direção disponíveis no volante.

Alguns exemplos de equipamentos de direção incluem:

• Se você tem mobilidade limitada do braço, um volante menor pode ser instalado;

• Se você tiver problemas para segurar o volante, pode optar por usar um pino triplo, que pode ser instalado no volante do veículo existente;

• Se você não conseguir abrir totalmente sua mão, poderá usar um pino único;

• Se você tiver força de preensão moderada e suporte de punho, um punho de mão e um punho em V podem ser uma ótima solução.

  • Piscadores, luzes e outros controles.

Além dos dispositivos de direção, os motoristas com dificuldades de locomoção também podem usar controles eletrônicos de direção para controlar uma variedade de funções, como ligar a ignição, comutar engrenagens, ativar limpadores de para-brisa, travas de portas, entre outros.

Além disso, graças aos avanços na tecnologia assistiva, agora existem acessórios automáticos para pessoas com patologias que podem permitir que alguns tetraplégicos voltem a dirigir. Por exemplo, os tetraplégicos que recuperaram algum uso de suas mãos e braços podem usar um sistema controlado por cotovelo para ativar e usar os recursos integrados do veículo, como lanternas, luzes e buzina.

  • Controles de acelerador e freio.

Outra opção manual inclui o uso de controles manuais para empurrar e puxar os pedais do veículo. No entanto, é melhor se submeter a um treinamento antes de tentar operar o veículo por conta própria usando esses controles.

Controles manuais ajudam os usuários com virtualmente todos os níveis de lesões a operar os recursos de aceleração e frenagem. Para indivíduos que têm mobilidade mínima no braço, eles podem dirigir usando um controle, como um videogame.