SEQUELA DE AVC

O Acidente Vascular Cerebral, mais comumente conhecido como AVC é algo que acomete muito a população brasileira. Ele é causado por vários fatores, sendo os principais o estilo de vida e os problemas de saúde, como os altos níveis de colesterol, hipertensão e a falta do controle do peso.

O AVC ocorre quando há falta de suprimento de sangue no cérebro ou quando ocorre uma hemorragia cerebral ocasionada pelo rompimento de algum vaso.

Por atingir o sistema nervoso central, o AVC deixa sequelas que podem variar de intensidade de acordo com o nível do dano causado no cérebro. Desse modo, tais consequências provocam algumas limitações.

Assim, conheça abaixo as principais sequelas causadas pelo AVC:

• Perda do tônus muscular, força e equilíbrio — essa é uma das sequelas físicas mais comuns em pessoas que sofrem um AVC. Devido à perda de tônus muscular, a pessoa pode apresentar certa dificuldade para se locomover ou realizar atividades que exijam o emprego maior de força;

• Hemiplegia — este é o nome dado a paralisia de um dos lados do corpo, como o braço e a perna.

• Disfagia — por conta das dificuldades musculares que o AVC pode causar é muito comum a pessoa apresentar o sintoma de disfagia, ou seja, dificuldades para engolir alimentos sólidos ou líquidos;

• Alterações na face — uma sequela também ligada as questões musculares, a alteração da face se apresenta, principalmente, na característica de assimetria da boca e pálpebra caída (algo que dificulta a visão);

• Dificuldade na fala — dependendo da região do cérebro que for afetada pelo AVC a pessoa pode apresentar dificuldades de fala, situação em que o tom de voz costuma ser baixo e a dicção das palavras não é perfeita. Isso causa dificuldade no processo de comunicação de forma geral;

• Incontinência — os sistemas sensoriais também são afetados e, com isso, a pessoa tem dificuldades de identificar quando tem vontade de realizar suas necessidades fisiológicas;

• Alterações hormonais — a pessoa que sofreu um AVC apresenta uma alteração hormonal considerável, fato que pode interferir em várias outras áreas da saúde e do funcionamento do corpo. É comum o desenvolvimento do quadro de depressão, confusão e perda de memória, sintomas provocados por essas alterações.

Devido aos transtornos que o acometimento do AVC causa, as pessoas com limitações têm o direito de adquirir um veículo novo com descontos de até 30% proveniente da isenção de impostos, como o ICMS — Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, e IPI — Imposto sobre Produtos Industrializados.

Além da isenção desses impostos, as pessoas com limitações têm isenção do IPVA — Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, e estão liberadas do rodízio de veículos nas cidades que adotam esta regra de controle de circulação.

Quem tem direito ao benefício? Por trazer transtornos de locomoção e demais fatores complicativos, o AVC está entre as 32 patologias que dão o direito de isenção de impostos na compra de um veículo novo. Assim, terão esse direito as pessoas com limitações provocadas pelo AVC, seja na condição de condutor ou de não condutor do veículo adquirido.